Primeira parte: o período antes da gestação

Olá, sejam bem vindos. Hoje vou falar com vocês sobre maternidade para o paciente autoimune. Para não ficar muito longo essa série será dividido em três partes, antes de engravidar, durante a gestação e após o parto.

Lembrando que vamos falar de modo geral, o seu caso específico deve ser avaliado junto ao seu médico. Vou seguir um modelo de perguntas e respostas. Você pode ver o vídeo abaixo no youtube ou ler as perguntas logo depois.

  1. A mulher com doença autoimune é menos fértil?

De modo geral as mulheres com doença autoimune são capazes de engravidar sem redução da fertilidade. Doenças como lúpus, artrite reumatoide e esclerose sistêmica não se associam à redução da fertilidade. No entanto, doenças da tireoide e alguns medicamentos usados para tratar essas doenças sim.

  1. O que devo fazer antes de engravidar?

O primeiro passo é buscar avaliação do seu médico, aquele que trata a sua doença autoimune. Ele irá verificar se a doença está ativa e também verificar se os medicamentos que você usa podem te prejudicar ou prejudicar o bebê. Depois disso, é importante procurar um obstetra que irá te acompanhar durante a gestação, que dependendo da doença autoimune, será de alto risco.

  1. É possível que meu filho tenha a minha doença?

Infelizmente sim, de modo geral 15-30% dos pacientes tem um parente de primeiro grau com a doença. Não será passado pelo parto. Na verdade, ele pode herdar os genes que fizeram a doença se efetuar em você.

  1. Aconselhamento genético antes de engravidar é interessante?

O aconselhamento genético é sim uma possibilidade interessante, ele avalia a mãe e o pai e estima o risco do bebê ter os mesmos genes. Portanto, se for uma preocupação muito forte, pode ser útil.

  1. E se eu não quiser engravidar, qual é o melhor método?

O melhor método é aquele mais confortável para você. Mas algumas doenças têm algumas particularidades. No lúpus por exemplo, nós evitamos o uso de anticoncepcionais combinados, pois estes contém estrogênio que pode piorar a doença.

  1. Se engravidar a minha doença pode piorar?

Infelizmente isso é uma possibilidade. Muitas doenças autoimunes se relacionam com os hormônios sexuais que se alteram durante a gestação. Algumas doenças como lúpus tem muito risco de piorar. Por isso é necessário acompanhamento próximo.

Espero que tenham gostado. Lembrando que essa série esta dividida em três partes, veja nas redes sociais as outras duas partes. E ajudem a disseminar esse conhecimento compartilhando. Abraços.